Quanto?



        Quanta lembrança cabe em uma caixa? Quantas vezes vou precisar sorrir pra disfarçar uma lágrima? Quantas pessoas passaram por mim? Quantos amigos eu fiz? Quantas músicas á cantar? Quantas eu cantei? Quantas vezes vou ter que errar, pra aprender que quantidade não é nada perto de intensidade?

Nenhum comentário:

Postar um comentário