Simplely

            Eu digo não me importar, digo não lembrar, mas lembro de cada suspiro, de cada sílaba, está lá dentro, até o jeito de olhar quando digo tolices, cada toque teu está guardado em mim, cada arrepio meu, cada sorriso teu, e teu olhar, que me traz coisas boas, mesmo quando não o enxergo, eu sei o que ele diz pra mim, traz segurança, lembranças de um tempo que não vivi, e de cada beijo teu, que me deixa mais aprofundada do que escrevo, e me faz desperceber o quão rápido foram essas mudanças, talvez, tenha sido porque sinto desde que lembro, desde o segundo que perguntei seu nome, ou nada disso, apenas, foi o fato do tempo tornar o que você foi no que você é, são frases transcrevidas sem sentido nenhum, e são tantas as palavras idiotas, pra acabar em três, Eu Te Amo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário